RicBrSp ocupando uns bytes na web2

Neste blog comento notícias, política, coisas da vida (eletrônica ou digital), redes sociais, fotos, vídeos, música e etc., palpito de tudo um pouco, com meus textos, pensamentos, e crônicas.      

 http://www.facebook.com/ricbrsp        https://twitter.com/RicBrSp

http://ricbrsp.wordpress.com/           www.gazzag.com/ricbrsp 

http://www.myspace.com/ricbrsp         http://ricbrsp.hi5.com/

 

Visitantes

20 junho, 2010

Brasil 3 X 1 Costa do Marfim – Copa 2010

Bela vitória, numa boa apresentação da seleção brasileira, que melhorou um pouco, hoje jogou mais solto, mais rápido.

Novamente fez um primeiro tempo, tipo esquentando, pegando no tranco, Kaká continuava fora de sintonia, errando passes, embora sua movimentação em campo já estava melhor, isto é se apresentando p/ o jogo, mas não concluía jogada nem uma. Robinho, este foi até o fim um pouco fora de sintonia com o grupo, tentando resolver sozinho o jogo, em busca de alvo maior, que é ser eleito o melhor atleta da copa, inclusive artilheiro, e etc…., é mole????? … No Primeiro jogo até que fez parte do coletivo, mas neste com a Costa do Marfim, jogou só no time dele, enquanto a seleção brasileira estava jogando outro jogo, dai o seu posicionamento em campo, as vezes que recebeu a bola tentou o gol, sem sucesso, acabou não brilhando, aparecendo mais p/ o jogo.

RAIO X - Brasil domina em vitória sobre a Costa do Marfim

A seleção em nem um momento foi ameaçada pela Costa do Marfim, que chutou pouco a gol, não ofereceu nem um perigo, como demonstra bem as estatísticas do jogo, no Estadão, link acima.

Luiz Fabiano teve seu esforço coroado com os dois primeiro gols do Brasil, com passe de Kaká, valeu a insistência do Dunga em manter nos jogos. Com destaque especial no segundo gol de Fabiano, com dois chapéus, e dribles p/ marcar o lindo gol, uma pintura, levemente borrada pelo toque no ante-braço p/ ageitar a bola, mesmo assim, foi lindo o lance, seria pecado anular pelo toque no braço, q foram dois toques, no início da jogada e no final, antes do chute.

A parte ruim do jogo foi a lambança do árbitro Stephane Lannoy, que permitiu muita violência dos jogadores da Costa do Marfim. Elano saiu do jogo por solada criminosa, digna de cartão vermelho, mas nem falta deu o juiz, que foi complacente com os marfinenses e rigoroso com os brasileiros, entrando no teatro dos jogadores da Costa do Marfim, que após os dois gols do Luis Fabiano, baixaram o pau, abriram a caixa de ferramenta, transformando a frustração da derrota em violência gratuita, sem a devida punição do juiz, a expulsão do Kaká foi fruto do teatro intencional do jogador adversário, que o juiz mesmo não vendo nada da suposta falta, deu o segundo amarelo p/ o jogador que no mundo tem o melhor comportamento em campo, é um exemplo p/ todos os jogadores como se joga sem fazer falta, sem jogar deslealmente, sem simulação, sem teatro. Manchando a carreira do atleta Kaká com a expulsão por ser incompetente, por sorte as lambaças não influenciaram no resultado do jogo. Se fosse judô Costa do Marfim teria vencido o jogo.

Árbitro tem atuação polêmica em Brasil e Costa do Marfim

Estamos classificados para as oitavas de final, com os 6 pontos no grupo G.

 

Próximo jogo contra Portugal, que venceu por 7 X 0 Corea do Norte, eles vem animados p/ o jogo, e precisando da vitória, não vai ser fácil, creio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é fundamental p/ mim, até p/ ter a noção das barbaridades que escrevo. rs.....