RicBrSp ocupando uns bytes na web2

Neste blog comento notícias, política, coisas da vida (eletrônica ou digital), redes sociais, fotos, vídeos, música e etc., palpito de tudo um pouco, com meus textos, pensamentos, e crônicas.      

 http://www.facebook.com/ricbrsp        https://twitter.com/RicBrSp

http://ricbrsp.wordpress.com/           www.gazzag.com/ricbrsp 

http://www.myspace.com/ricbrsp         http://ricbrsp.hi5.com/

 

Visitantes

31 março, 2009

Músicas Maravilhosas - MPB

Clique e ouça... para rembrar muitas musicas boas ...é só clicar no link (url) que vai abrir uma janela com o site da respectiva musica...


Desenho de Deus (2006) Dandara (2005) Mulher Ideal(2002) Eu Sei (2004) Meu Ébano(2005) Passarela no ar(2006) Por mais que eu tente(2005) Se não é amor(2005) Epitáfio (2001) A Miragem (2001) A Loba(2001) Se quer saber (2002) Amor e Sexo(2003) As Loucuras de uma Paixão(1997) Vê se me erra(1992) Devagar...Devagarinho(1995) Dois (1997) A canção tocou na hora errada(1999) Mal Acostumado(1998) Paratodos(1993) Espanhola(1999) Partituras(1995) Sonhos(1994) Tem coisas que a gente não tira do coração(1996) Chama da Paixão(1994) Sol de Primavera(1994) Lenha (1999) Mulheres(1998) SE (1992) Beija eu (1991) O Canto da Cidade(1992) Nobre Vagabundo(1996) Recado(1990) Encontro das Águas(1993) Sozinho(1999) Ta na Cara(1998) Resposta ao Tempo(1998) Ainda lembro(1994) Nuvens(1995) Dez a Um(1997) Bem Querer(1998) Caça e Caçador(1997) Alma Gêmea(1995) Quem é Você(1995) Um Dia de Domingo(1985) Coração de Estudante(1983) Momentos(1983) Quarto de Hotel (1980) Se eu quiser falar com DEUS(1980) Meu Bem Meu Mal(1981) Você é Linda(1983) Baila Comigo(1980) Vai Passar(1984) Menino do Rio(1980) Oceano (1989) Fonte da Saudade(1980) Conselho(1986) Alma(1982) Mel na Boca(1985) Saigon(1989) De volta pro meu aconchego(1985) Faz parte do meu show(1988) Só Pra Contrariar(1986) Um Homem também chora(1983) Deslizes(1989) Bilhete(1980) Balada do Louco(1982) Viajante(1989) Um certo alguém(1983) Purpurina (1982) Verde (1985) O que é o que é (1982) Me dê Motivo(1983) Lança Perfume(1980) Estranha Loucura(1987) Tiro ao Álvaro(1980) Anos Dourados(1986) Caçador de mim(1980) Agonia (1980) Meu Bem Querer(1980) Ao que vai chegar(1984) Como Uma Onda(1983) Tudo com você(1983)

Links enviado por e-mail, da amiga querida Rita, q tc um lindo recado no meu orkut.

29 março, 2009

Feedback do site oficial do Rogério Ceni do São Paulo FC

RCsoficial1 

Fui visitar o site oficial do goleiro do SPFC, Rogério Ceni, tentei deixar o seguinte recado:

Prezados,
Vim conferir o site oficial do Rogério.
Nem tudo funciona neste web site, não consegui ver foto nem uma, dizendo q página não existe, códg. 404.RCsoficial4
Mural vázio, tmb, há algo errado p/ um site oficial.
Continua no meu blog...

Na falta de espaço (caracteres) p/ postar no mural…

O site oficial - http://www.rogerioceni.com.br/home/ é bonito, belas imagens do jogador que vão mudando, as cores bem escolhidas, em flash, e com pop-ups, bloqueadas pelo navegador…

Menu fácil de navegar, bem visível, as notícias no rodapé da página c/ letras muito pequenas não consegui ler nada, só usando o zoom do navegador.

O conjunto da obra, está muito ruim, longe, bem distante da figura que Rogério passa como jogador, do que o goleiro sabe fazer na sua atividade, o site não demonstra o mesmo profissionalismo, o mesmo capricho, do goleiro q é artilheiro.

O site oficial é uma coisa, o Rogério é bem outra! RCsoficial3

Outra coisa que passa no site é a distância mesmo do atleta, sem nem uma interação, sem a participação do Rogério. um elemento bem distante, o Orkut do fake do Rogério Ceni é bem melhor, o conteúdo é bem melhor, os recados repletos, já no site oficial, nem um recado, EM BRANCO. Nem recado do gasparzinho.

Bem q tentei deixar, preenchi o formulário c/ a primeira parte desta postagem, nome, e-mail, tudo como pedia, até o assunto, coloquei, feedback da web, e como nas fotos, cliquei enviar, e deu erro, tmb, por isto q o mural é vazio!

Até meu site oficial está bem melhor do que do Rogério Ceni, com muito mais conteúdo (bytes), páginas a serem visitadas, e olha q não atualizo fazem uns 10 anos, não posto conteúdo novo, só na web, como aqui no blog. RCsoficial2

Concluíndo sobre o site do goleiro artilheiro, está um lixo, de Rogério só as imagens, e o domínio, no restante, isto é no conteúdo, anos luz do que ele faz em campo.

O site passa a impressão q só marcou gol de penalty, e uns 3 e olhe lá…. kkk

O fake do orkut faz muito mais sucesso na web!

O e-mail d contato no site oficial é andre@rogerioceni.com.br

27 março, 2009

Clodovil Hernandes, homenagem póstuma

Clodovil Hernandez, Deputado Estadual por SP, um dos mais votados.

Minhas homenagens póstumas a este grande homem, e brasileiro que foi até o último dia d vida m representando como eleitor, fazendo o que podia para o bem do Brasil e seu povo, no geral. Não em benefício próprio como a grande e esmagadora maioria dos seus pares, um exemplo de honradez, civilidade, educação, sinceridade, apesar de não ser hetero, este sim era homem com H maiúsculo.

Nunca fugiu de uma boa briga, sempre encarou a todos de frente, c/ cabeça erguida, como tem q ser. Sempre falou as verdades, que engrossou o rol dos que o odiava, justamente por dizer a verdade, nua e crua, na lata. Tanto que no Congresso Nacional onde ninguém diz a verdade, já tava causando muito desconforto geral.

Lembro do seu primeiro discurso na tribuna da casa, onde ele questionou o que é decoro parlamentar? Se ninguém respeita quem está discursando na tribuna, parece uma feira, sem respeito algum, nem pelo colega deputado na tribuna, nem pelos que s interessam por ouví-lo, nem respeito pela casa, q ele representa. Uma vergonha nacional esta falta de respeito geral na casa do povo (Congresso Nacional).

Como pelé, Airton Senna, e outros vultos da história contemporânea brasileira, seus atos públicos eram sempre em defesa do Brasil, e dos brasileiros no geral, verdadeiramente um patriota, como os citados acima, tmb.

Não gosto de bicha, gay e etc…, c/ criação machista tupiniquim, só respeito, quem m respeita, mas isto não ofusca a figura do Clô, ele foi muito além disto, p/ mim ele não tinha preferência sexual, sempre o considerei como igual, em seus atos públicos, nas suas verdades, e foi “cabra macho”, até o fim!

Quem dera os heteros tivessem o peito que Clodovil tinha, uma vida integra… como gente que foi, gente fina.

Minhas homenagens, meu respeito a este grande brasileiro, que ajudou a construir um Brasil melhor, menos injusto…

Clube nuclear (privet) não está admitindo sócios norte coreanos!!!

Em 26 de março de 2009 foi lançada mais uma missão tripulada por astronautas, além de um turista espacial, a Soyuz TMA-14 foi lançada do Cazaquistão.

Meu destaque da imagem, e do fato, p/ comparar com o lançamento da Korea do Norte, da sua missão “espacial”.

Os coreanos alegam q é só um satélite que será posto em orbita, os EUA acreditam que eles mentem, e o tal foquete coreano é sim um teste balístico de um míssil intercontinental, que no futuro carregará a ogiva nuclear, identico aos EUA, Inglaterra, Russia, China e outros participantes do seleto clube nuclear.

Justamente os que mais protestam contra a Corea do Norte, são os já participantes do clube nuclear, q já tem bomba, e mísseis intercontinentais, mas não querem ninguém além dos chineses, de olhos puchados neste clube privet.

O clube (nuclear) do bolinha não está admitindo sócios coreanos.

O Japão ontem declarou que qual quer objeto voador sob seu território será sumáriamente abatido, justamente a rota do foguete norte coreano, que iria passar sobre o japão, além d outros países. Os EUA dias atrás fez uma ameaça semelhante, qualquer lançamento será abatido.

Eu posso, mas voceis não podem lançar fogueste!

Leia mais notícias:

Foguete russo com turista espacial parte para a ISS - Estadão

Coreia do Norte avisa que lançará foguete, e Japão liga o alerta - G1

20 março, 2009

CARTA ABERTA AO ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFE, D. JOSÉ CARDOSO SOBRINHO

Recebi por e-mail da amiga de juventude a Clotide.

Assino em baixo!

CARTA ABERTA AO ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFE, D. JOSÉ CARDOSO SOBRINHO

Caro D. José;
Escrevo sobre a excomunhão dos médicos que praticaram o aborto dos gêmeos da menina estuprada pelo padrasto, em Pernambuco.
Inicialmente, digo que não pretendo questionar ou criticar sua decisão: o senhor agiu corretamente, em consonância com os dogmas e postulados da Igreja Católica.
Gostaria de pedir, isso sim, que já que o senhor está tomado pelo espírito de justiça segundo as Leis de Deus e as normas da Igreja, que prosseguisse com as excomunhões. Sugiro, por exemplo, que excomungue os políticos e servidores públicos corruptos, eis que eles violaram um Mandamento da Lei de Deus (não furtarás).
De quebra, o senhor poderia também excomungar os padres pedófilos, já que eles pecaram -  de forma gravíssima, pecado mortal! Aliás, eu gostaria de perguntar: o criminoso e pecador padrasto da pobre menina violentada, esse foi excomungado?
Prosseguindo, o senhor deveria excomungar também as mulheres católicas que usam anticoncepcionais e os jovens católicos que fazem sexo antes do casamento usando camisinha, pois eles pecam contra a castidade, usando de artifícios para ter sexo apenas por prazer, e não para procriação.
Também excomungue os católicos divorciados, já que estes estão em permanente adultério. E já que está com a mão na caneta, aproveite e excomungue também os homens católicos que tem amantes, uma vez que estes também são adúlteros.
São as minhas humildes sugestões ao senhor, pelo bem do cumprimento da Lei de Deus!
Atenciosamente,
Alan Lacerda de Souza

Advogado e Professor
Brasília/DF
P.S.: A mim o senhor não precisa se preocupar em excomungar: de acordo com o cânon  751 do Cód. de Direito Canônico eu sou um herege, e por isso já fui excomungado latae sententiae, segundo o cânon 1.364, § 1º.   Graças a Deus!

16 março, 2009

Violência contra a mulher – Manifesto do Conselho Estadual

Recebi por e-mail da Ritinha.

A violência contra a mulher não é só física, socos, ponta pés, tapas, safanões, cadeiradas, facadas, tiros, esganamentos, e toda sorte de maus tratos.

Tem gente q usa caneta, ou computador para da mesma forma baixa e vil, agredir a mulher, com outra forma de violência, não física, a moral, a psicológica, a cívica, todas esganadas, vilipendiadas, estupradas pela violência do preconceito.

O poder Judiciário, através de seu aparato Estadual, vem praticando violência contra a mulher indefesa, num ato de covardia tresloucada, quando seus membros encarregados de representar o Poder do Estado, e distribuir os direitos, subtrai os mesmos da mulher.

No manifesto do Conselho Estadual da mulher em anexo - https://cid-893bfd38051a572b.skydrive.live.com/self.aspx/Documentos/Manifesto%20do%20Conselho%20Estadual%20das%20Mulheres%20pdf.pdf

É mostrado um caso assim.

Não é um caso isolado, mas sim um retrato do Poder Judiciário Nacional.

Lembrando muito o caso da excomunhão, onde quem salvou a vida da menina de 9 anos, grávida de gêmeos, agiu certo foi excomungado, e quem foi o pedófilo autor de todo mal, não teve a mesma sorte, muito pelo contrário a complacência…

Tipo “estupra, mas não mata”, conforme entrevista do Paulo Maluf, ou, “relaxa e goza”, da Marta exSuplicy.

A mulher apanhou do marido, ai quando foi procurar o socorro dos seus direitos no juiz, ficou sem seus direitos, muito pelo contrário, as mentiras do marido violento, sem provas, colaram, e a coitada foi novamente espancada, agora pelo juiz, perdeu a grada dos filhos, teve q sair de casa, foi considerada a causadora da separação, e condenada por isto.

Mesmo que se corrija o erro judiciário grosseiro, movido pelo preconceito de sexo, o mal já foi feito contra ela, a violência da caneta do juiz já arrasou a moça, q vive como condenada, sem seus filhos, sem pensão, sem sustento da dona d casa, nem p/ comprar os remédios p/ curar as feridas da violência do ex marido.

Só que esta segunda porrada, ninguém vai pagar por isto, o ex marido violento, um dia a justiça será feita, e pagará pelos socos, assim espero, mas a impunidade dos juízes???

Até quando vão errar, e não pagar pelos erros cometidos?

Um motorista, se errar, bate, e paga pelo seu erro, na empresa dona do carro, ou caminhão.

Se o caixa do banco errar no fechamento do caixa, ele paga do bolso.

Geralmente todos pagam pelos erros profissionais, menos os juízes, e muitos médicos protegidos pelo corporativismo da classe.

Juiz erra e sempre fica por isto mesmo, ninguém paga por isto, muito menos ele, desde que o Brasil é grafado c/ “b”.

O único Juiz preso até hoje no Brasil, foi Lalau, foi condenado por corrupção, não por atos como juiz, fico na esperança que o Mazlum da Justiça Federal, q vendia decisões, seja condenado pelos atos como juiz vendedor de sentenças, que será o primeiro e único na história do país, quando vier a acontecer, se é que vai acontecer…

15 março, 2009

RicBrSp agora no Twitter

Até eu estou no Twitter – Profile - http://twitter.com/RicBrSp

Esta na web, gratis, ali dando sopa, não conversei fiz meu perfil.

Não sabia exatamente p/ q servia o trem do site.

Como a imprensa tem divulgado muito a expensão do Twitter no Brasil, e nela me informei, e hj já comecei a twisttar… rs…

Twitter vc tem q dar mensagem curtas, com no máximo 140 caracteres, que p/ português fica complicado, cada 2 palavras uma tem acentuação, além d pontuação e etc, q outras linguás dispensam p/ serem entendidas (lidas). Pelo q acabei d verificar no site são 140 toques, entre caracteres, espaços, pontos, e etc…, inclusive Url, tem q serem curtas se não, nada feito, não posta.

Pelo visto vou ter q aderir a redutores d url (link), tipo http://tinyurl.com Só o link desta postagem, creio q excede os 140 toques. Eu q pensava q nunca iria utilizar tal ferramenta, não via qual era a grande vantagem (utilidade), p/ mim tanto fazia uma url curta e simples, e umas são monstruosas de grande. Lembrei um vez eu copiei e colei um link p/ uma página num site, quando concluí a cola, foram 3 linhas dela, enorme.

No Twitter texto c/ mais de maia duzia d palavras, dependendo… no tal limite.

São só idéias curtas, objetivas.

Nos de notícia, estou seguinto alguns, vem só a manchete, e a url resumida. Algumas das manchetes por serem longas são resumidas, tmb.

Sei lá onde isto vai dar…

13 março, 2009

A história das religiões no mapa mundi…

Mapmundi_History

Assista no tamanho da tela a história das religiões em nosso planeta.

De 3000 AC , até 2000 DC, num gráfico muito bem elaborado, resumindo a história da civilização humana e suas regiliões.

Clique no link,

http://mapsofwar.com/images/Religion.swf

Esta apresentação pode ser vista em miniatura no player do meu livespace.

08 março, 2009

Texto extraordinário! "O que penso desse Governo" e outros

Recebi este texto via e-mail da Rita. Só ilustrei o texto.

A CAMINHO DOS 99,9999995%

Há poucos dias, a imprensa anunciou amplamente que, segundo as últimas pesquisas de opinião, Lula bateu de novo seus recordes anteriores de popularidade e chegou a 84% de avaliação positiva. É, realmente, algo “nunca antes visto nesse país” e eu fiquei me perguntando o que poderemos esperar das próximas consultas populares.

Lembro-me de que quando Lula chegou aos 70% achei que ele jamais bateria Hitler, a quem, em seu auge, a cultíssima Alemanha chegara a conceder 82% de aprovação. Mas eu estava enganado: nosso operário-presidente já deixou para trás o psicopata de bigodinho e hoje só deve estar perdendo para Fidel Castro e para aquele tiranete caricato da Coreia do Norte, cujo nome jamais me interessei em guardar. Mas Lula tem uma vantagem sobre os dois ditadores: aqui as pesquisas refletem verdadeiramente o que o povo pensa, enquanto em Cuba e na Coreia do Norte as pesquisas de opinião lembram o que se dizia dos plebiscitos portugueses durante a ditadura lusitana: SIM, Salazar fica; NÃO, Salazar não sai; brancos e nulos sendo contados a favor do governo...(Quem nunca ouviu falar em Salazar, por favor, pergunte a um parente com mais de 60).

 

Portanto, a popularidade de Lula ainda “tem espaço” para crescer, para empregar essa expressão surrada e pedante, mas adorada pelos economistas. E faltam apenas cerca de 16% para que Lula possa, com suas habituais presunção e imodéstia, anunciar ao mundo que obteve a unanimidade dos brasileiros em torno de seu nome, superando até Jesus Cristo ou outras celebridades menores que jamais conseguiram livrar-se de alguma oposição...

Sim, faltam apenas 16% mas eu tenho uma péssima notícia a dar a seu hipertrofiado ego: pode tirar o cavalinho da chuva, cumpanhero, porque de 99,9999995% você não passa.

Como você não é muito chegado em Aritmética, exceto nos cálculos rudimentares dos percentuais sobre os orçamentos dos ministérios que você entrega aos partidos que constituem sua base de sustentação no Congresso, explico melhor: o Brasil tem 200.000.000 de habitantes, um dos quais sou eu. Represento, portanto, 1 em 200.000.000, ou seja, 0,0000005% enquanto os demais brasileiros totalizam os restantes 0,9999995%. Esses, talvez,você possa conquistar, em todo ou em parte. Mas meus humildes 0,0000005% você jamais terá porque não há força neste ou em outros mundos, nem todo o dinheiro com que você tem comprado votos e apoios nos aterros sanitários da política brasileira, não há, repito, força capaz de mudar minha convicção de que você foi o pior dentre todos os presidentes que tive a infelicidade de ver comandando o Brasil em meus 65 anos de vida.

E minha convicção fundamenta-se em um fato simples: desde minha adolescência, quando comecei a me dar conta das desgraças brasileiras e a identificar suas causas, convenci-me de que na raiz de tudo está a mentalidade dominante no Brasil, essa mentalidade dos que valorizam a esperteza e o sucesso a qualquer custo; dos que detestam o trabalho e o estudo; dos que buscam o acesso ao patrimônio público para proveito pessoal; dos que almejam os cabides de emprego, as sinecuras e os cargos fantasmas; dos que criam infindáveis dinastias nepotistas nos órgãos públicos; dos que desprezam a justiça desde que a injustiça lhes seja vantajosa; dos que só reclamam dos privilégios por não estar incluídos entre os privilegiados; dos que enriquecem através dos negócios sujos com o Estado; dos que vendem seus votos por uma camiseta, um sanduíche ou, como agora, uma bolsa família; dos que são de tal forma ignorantes e alienados que se deixam iludir pelas prostitutas da política e beijam-lhes as mãos por receber de volta algumas migalhas do muito que lhes vem sendo roubado desde as origens dos tempos; dos que são incapazes de discernir, comover-se e indignar-se diante de infâmias.

Antes e depois de mim, muitos outros brasileiros, incomparavelmente melhores e mais lúcidos, chegaram à mesma conclusão e, embora sejamos minoria, sinto-me feliz e honrado por estar ao lado de Rui Barbosa. Já ouviu falar nele? Como você nunca lê, eu quase iria sugerir-lhe que pedisse a algum de seus incontáveis assessores que lhe falasse alguma coisa sobre a Oração aos Moços... Mas, esqueça... Se você souber o que ele, em 1922, disse de políticos como você e dos que fazem parte de sua base de sustentação, terá azia até o final da vida.

Pense a maioria o que quiser, diga a maioria o que disser, não mudarei minha convicção de que este País só deixará de ser o que é – uma terra onde as riquezas produzidas pelo suor da parte honesta e trabalhadora é saqueada pelos parasitas do Estado e pelos ladrões privados eternamente impunes – quando a mentalidade da população e de seus representantes for profundamente mudada. Mudada pela educação, pela perseverança, pela punição aos maus, pela recompensa aos bons, pelo exemplo dos governantes. E você Lula, teve uma oportunidade única de dar início à mudança dessa mentalidade, embalado que estava com uma vitória popular que poderia fazer com que o Congresso se curvasse diante de sua autoridade moral, se você a tivesse. Você teve a oportunidade de tornar-se nossa tão esperada âncora moral, esta sim, nunca antes vista nesse País. Mas não, você preferiu o caminho mais fácil e batido das práticas populistas e coronelistas de sempre, da compra de tudo e de todos. Infelizmente para o Brasil, mas felizmente para os objetivos pessoais seus e de seu grupo, você estava certo: para que se esforçar, escorado apenas em princípios de decência, se muito mais rápido e eficiente é comprar o que for necessário, nessa terra onde quase tudo está à venda?

Eu não o considero inteligente, no nobre sentido da palavra, porque uma pessoa verdadeiramente inteligente, depois de chegar aonde você chegou, partindo de onde você partiu, não chafurdaria nesse lamaçal em que você e sua malta alegremente surfam, nem se entregaria a seu permanente êxtase de vaidade e autoidolatria. Mas reconheço em você uma esperteza excepcional: nunca antes nesse País um presidente explorou tão bem, em proveito próprio e de seu bando, as piores qualidades da massa brasileira e de seus representantes. Esse é seu legado maior, e de longa duração: o de haver escancarado a lúgubre realidade de que o Brasil continua o mesmo que Darwin encontrou quando passou por essas plagas em 1832 e anotou em seu diário: “Aqui todos são subornáveis”. Você destruiu as ilusões de quem achava que havíamos evoluído em nossa mentalidade e matou as esperanças dos que ainda acreditavam poder ver um Brasil decente antes de morrer.

Você não inventou a corrupção brasileira, mas fez dela um maquiavélico instrumento de poder, tornando-a generalizada e fazendo-a permear até os últimos níveis da Administração. O Brasil, sob você, vive um quadro que em medicina se chamaria de septicemia corruptiva. Peça ao Marco Aurélio para lhe explicar o que é isso. Você é o sonho de consumo da banda podre desse País, o exemplo que os funcionários corruptos do Brasil sempre esperaram para poder dar, sem temores, plena vazão a seus instintos.

Você faz da mentira e da demagogia seu principal veículo de comunicação com a massa. A propósito, o que é que você sente, todos os dias, ao olhar-se no espelho e lembrar-se do que diz nos palanques? Você sente orgulho em subestimar a inteligência da maioria e ver que vale a pena?

Você mentiu quando disse haver recebido como herança maldita a política econômica de seu antecessor, a mesma política que você manteve integralmente e que fez a economia brasileira prosperar. Você mentiu ao dizer que não sabia do Mensalão, mentiu quando disse que seu filho enriqueceu através do trabalho, mentiu sobre os milhões que a Ong 13, de sua filha, recebeu sem prestar contas, mentiu ao afastar Dirceu, Palocci, Gushiken e outros cumpanheros pegos em flagrante, mente quando, para cada platéia, fala coisas diferentes, escolhidas sob medida para agradá-las, mentiu, mente e mentirá em qualquer situação que lhe convenha.

Por falar em Ongs, você comprou a esquerda festiva, aquela que odeia o trabalho e vive do trabalho de outros, dando-lhe bilhões de reais através de Ongs que nada fazem, a não ser refestelar-se em dinheiro público, viajar, acampar, discursar contra os exploradores do povo e desperdiçar os recursos que tanta falta fazem aos hospitais.

Você não moveu uma palha, em seis anos de presidência, para modificar as leis odiosas que protegem criminosos de todos os tipos neste País sedento de Justiça e encharcado pelas lágrimas dos familiares de tantas vítimas. Jamais sua base no Congresso preocupou-se em fechar ao menos as mais gritantes brechas legais pelas quais os criminosos endinheirados conseguem sempre permanecer impunes, rindo-se de todos nós. Ao contrário, o Supremo, onde você tem grande influência, por haver indicado um bom número de Ministros, acaba de julgar que mesmo os condenados em segunda instância podem permanecer em liberdade, até que todas as apelações, recursos e embargos sejam julgados, o que, no Brasil, leva décadas. Isso significa, em poucas palavras, que os criminosos com dinheiro suficiente para pagar os famosos e caros criminalistas brasileiros podem dormir sossegados, porque jamais irão para a cadeia. Estivesse o Supremo julgando algo que interessasse a seu grupo ou a suas inclinações ideológicas, certamente você teria se empenhado de corpo e alma.

Aliás, Lula, você nunca teve ideais, apenas ambições. Você jamais foi inspirado por qualquer anseio de Justiça. Todas as suas ações, ao longo da vida, foram motivadas por rancores, invejas, sede pessoal de poder e irrefreável necessidade de ser adorado e ter seu ego adulado. Seu desprezo por aquilo que as pessoas honradas consideram Justiça manifesta-se o tempo todo: quando você celeremente despachou para Cuba alguns pobres desertores que aqui buscavam a liberdade; quando você deu asilo a assassinos terroristas da esquerda radical; quando você se aliou à escória do Congresso, aquela mesma contra quem você vociferava no passado; quando concedeu aumentos nababescos a categorias de funcionários públicos já regiamente pagos, às custas dos impostos arrancados do couro de quem trabalha arduamente e ganha pouco; quando você aumentou abusivamente as despesas de custeio, sabendo que pouquíssimo da arrecadação sobraria para os investimentos de que tanto carece a população; quando você despreza o mérito e privilegia o compadrio e o populismo; e vai por aí... Justiça, ora a Justiça, é o que você pensa...

Você tem dividido a nação, jogando regiões contra regiões, classes contra classes e raças contra raças, para tirar proveito das desavenças que fomenta. Aliás, se você estivesse realmente interessado, como deveria, em dar aos pobres, negros e outros excluídos as mesmas oportunidades que têm os filhos dos ricos, teria se empenhado a fundo na melhoria da saúde e do ensino públicos. Mas você, no íntimo, despreza o ensino, a educação e a cultura, porque conseguiu tudo o que queria, mesmo sendo inculto e vulgar. Além disso, melhorar a educação toma um tempo enorme e dá muito trabalho, não é mesmo? E se há coisa que você e o Partido dos Trabalhadores definitivamente detestam é o trabalho: então, muito mais fácil é o atalho das cotas, mesmo que elas criem hostilidades entres as cores, que seus critérios sejam burlados o tempo todo e que filhos de negros milionários possam valer-se delas. 

A Imprensa faz-lhe pouca oposição porque você a calou, manipulando as verbas publicitárias, pressionando-a economicamente e perseguindo jornalistas. O que houve entre o BNDES e as redes de televisão? O que  você mandou fazer a Arnaldo Jabor, a Boris Casoy, a Salete Lemos? Essa técnica de comprar ou perseguir é muito eficaz. Pablo Escobar usou-a com muito sucesso na Colômbia, quando dava a seus eventuais opositores as opções: “O plata, o plomo”. Peça ao Marco Aurélio para traduzir. Ele fala bem o Espanhol.

Você pode desdenhar tudo aquilo que aqui foi dito, como desdenha a todos que não o bajulem. Afinal, se você não é o maior estadista do planeta, se seu governo não é maravilhoso, como explicar tamanha popularidade? É fácil: políticos, sindicatos, imprensa, ONGs, movimentos sociais, funcionários públicos, miseráveis, você comprou com dinheiro, bolsas, cotas, cargos e medidas demagógicas. Muita gente que trabalha, mas desconhece o que se passa nas entranhas de seu governo, satisfez-se  com o pouco mais de dinheiro que passou a ganhar, em consequência do modesto crescimento econômico que foi plantado anteriormente, mas que caiu em seu colo. Tudo, então, pode se resumir ao dinheiro e grande parte da população parece estar disposta a ignorar os princípios da honradez e da honestidade e a relevar as mentiras, a corrupção, os desperdícios, os abusos e as injustiças que marcam seu governo em troca do prato de lentilhas da melhoria econômica.

É esse, em síntese, o triste retrato do Brasil de hoje... E, como se diz na França, “l´argent n´est tout que dans les siècles où les hommes ne sont rien”. Você não entendeu, não é mesmo? Então pergunte à Marta. Ela adora Paris e há um bom tempo estamos sustentando seu gigolô franco-argentino...

Gilberto Geraldo Garbi

16/02/2009

05 março, 2009

de George Carlin - A VIAGEM....

Recentemente neste blog postei um post sobre a idéia de idade, c/ vídeo e tradução, e no mesmo sentido, outro texto q trata do tema, achei interessante, recebi por e-mail da Rita, e estou compartilhando, faz algum sentido, sim.

Aprecie a viagem; não há bilhete de volta!

GeorgeCalin1

George Carlin sobre envelhecer!

(Absolutamente brilhante)
George Carlin's Views on Aging

Pontos de vista de George Carlin sobre envelhecer
Você sabia que a única época da nossa vida em que gostamos de ficar velhos é quando somos crianças? Se V. tem menos de 10 anos, V. está tão excitado sobre envelhecer que pensa em frações..
Quantos anos V tem? Tenho quatro e meio! Você nunca terá trinta e seis e meio. Você tem quatro e meio, indo para cinco! Este é o lance!
Quando V. chega à adolescência, ninguém mais o segura. V. pula para um número próximo, ou mesmo alguns à frente. 'Qual é sua idade?'
'Eu vou fazer 16!' Você pode ter 13, mas (tá ligado?) vai fazer 16!
E aí chega o maior dia da sua vida!  Você completa 21! Até as palavras soam como uma cerimônia: VOCÊ ESTÁ FAZENDO 21. Uhuuuuuuu!
Mas então V. 'se torna' 30. Ooooh, que aconteceu agora? Isso faz V. soar como leite estragado! Êle 'se tornou azedo'; tivemos que jogá-lo fora.  Não tem mais graça agora, V. é apenas um bolo azedo. O que está errado?  O que mudou?
V. COMPLETA 21, V. 'SE TORNA' 30, aí V. está 'EMPURRANDO' 40. Putz! Pise no freio, tudo está derrapando! Antes que se dê conta, V. CHEGA aos 50 e seus sonhos se foram.
Mas, espere! Você ALCANÇA os 60. V. nem achava que poderia!
Assim, V. COMPLETA 21, V. 'SE TORNA' 30, 'EMPURRA' os 40, CHEGA aos 50 e ALCANÇA os 60.
Você pegou tanto embalo que BATE nos 70! Depois disso, a coisa é na base do dia-a-dia; 'Estarei BATENDO aí na 4ª. feira!'
Você entra nos seus 80 e cada dia é um ciclo completo; V. bate no lanche, a tarde se torna 4:30; V. alcança o horário de ir para a cama. E não termina aqui. Entrado nos 90, V. começa a dar marcha à ré; 'Eu TINHA exatos 92.'
Aí acontece uma coisa estranha. Se V. passa dos 100, V. se torna criança pequena outra vez. 'Eu tenho 100 e meio!'
Que todos Vocês cheguem a um saudável 100 e meio!!

COMO PERMANECER JOVEM

Livre-se de todos os números não-essenciais.. Isto inclui idade, peso e altura. Deixe os médicos se preocupar com eles. É para isso que V. os paga.

Mantenha apenas os amigos alegres.
Os ranzinzas só deprimem. 
Continue aprendendo. Aprenda mais sobre o computador, ofícios, Jardinagem, seja o que for, até radio-amadorismo. Nunca deixe o cérebro inativo. 'Uma mente inativa é a oficina do diabo. E o nome de família do diabo é ALZHEIMER.

Aprecie as coisas simples.

Ria sempre, alto e bom som! Ria até perder o fôlego. 
Lágrimas fazem parte. Suporte, queixe-se e vá adiante.  As únicas pessoas que estão conosco a vida inteira somos nós mesmos. Mostre estar VIVO enquanto estiver vivo. 

Cerque-se daquilo que ama,
seja família, animais de estimação, coleções, música, plantas, hobbies, seja o que for.  Seu lar é seu refúgio. 
Cuide da sua saúde: se estiver boa, preserve-a. Se estiver instável, melhore-a. Se estiver além do que V. possa fazer, peça ajuda.

Não 'viaje' às suas culpas. Faça uma viagem ao shopping, até o município mais próximo ou a um país no exterior, mas NÃO para onde V. tiver enterrado as suas culpas.
Diga às pessoas a quem V. ama que V. as ama, a cada oportunidade.
E LEMBRE-SE SEMPRE:GeorgeCalin
A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração.
Se V. não mandar isso para pelo menos 8 pessoas- quem se importa? Mas compartilhe isto com alguém. Todos nós temos que viver a vida ao máximo a cada dia!

A jornada da vida não é para se chegar ao túmulo em segurança em um corpo bem preservado, mas sim para se escorregar para dentro meio
de lado, totalmente gasto, berrando:
'P… MERDA, QUE VIAGEM!
VIVA SIMPLESMENTE, AME GENEROSAMENTE, IMPORTE-SE PROFUNDAMENTE, FALE GENTILMENTE, DEIXE O RESTO PARA DEUS.

01 março, 2009

Hier encore, j'avais vingt ans Ainda ontem eu tinha vinte anos

Me fez chorar, uma hora destas, pensando nos meus 20 anos, naqueles sonhos que jamais se realizaram, o tempo q deixei escapar pelos meus dedos.

Dias atrás tava falando p/ um pai q havia perdido um filho c/ 23 anos, e eu perdi um amigo, de que todo ser humano vive o hj como se o hj não terminasse jamais, como se o tempo estivesse a nossa mercê.

Vivemos e agimos todos os dias como se fossemos eternos, como se a morte não nos atingisse, por exemplo, dá vontade de dar um abraço num filho, e agente adia, deixa p/ uma outra hora melhor, um outro dia mais apropriado, e vai deixando as coisas da vida, deixando a vida simplesmente passar, adiando muita coisa, como se tivesse a certeza do amanhã.

Vivemos como se fossemos p/ sempre, como se para-se o relógio do tempo, perdemos tempo com tantas bobagens, q não levaram a nada, deixamos de fazer tantas coisas importantes, como se tivéssemos uma segunda vida p/ fazê-las na próxima oportunidade.

Lembro q m convidaram p/ ir num show na Puc/SP p/ ouvir Elis Regina cantar, e eu pensei, vou deixar p/ outro dia, até por ser fã dela, c/ certeza vou ouvi-la cantar um dia, anos depois morreu, e eu jamais ouvi Elis cantar ao vivo, só d gravação, e tantas coisas que deixei p/ depois, e este depois nunca chegou.

Deixei p/ amanhã, mas este tal amanhã nunca que chega.

Quando tinha 20 anos pensava q ia d bike de sampa á Santos, e até hj não fui, meses atrás m convidaram novamente, mas agora c/ a idade, não tenho pernas p/ tanto, p/ mim será muito sofrimento p/ realizar este sonho esquecido no meu passado distante, que não realizei quando era tempo dele, quando estava preparado p/ tal proeza, e assim a vida vai nos levando, e não nós a ela.

Como canta na música “Eu acariciava o tempo e brincava de vida!”, “brincava de amar”, como se o tempo m espera-se para sempre amadurecer.

Minha resposta p/ Betão q envio o vídeo, c/ tradução da musica Hier Encore Charles Aznavour: