RicBrSp ocupando uns bytes na web2

Neste blog comento notícias, política, coisas da vida (eletrônica ou digital), redes sociais, fotos, vídeos, música e etc., palpito de tudo um pouco, com meus textos, pensamentos, e crônicas.      

 http://www.facebook.com/ricbrsp        https://twitter.com/RicBrSp

http://ricbrsp.wordpress.com/           www.gazzag.com/ricbrsp 

http://www.myspace.com/ricbrsp         http://ricbrsp.hi5.com/

 

Visitantes

12 maio, 2010

Felicidade… doepalavra

Um recado (scrap) da amiga virtual, que comento….

FELICIDADE.... 
A felicidade aparece para aqueles que choram...
para aqueles que buscam e tentam sempre.
É para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas!!

A felicidade parece que se compra, que tem receita p/ tal condição....

Não é esta a impressão que tenho observando a vida das pessoas.

Começa com a morte, que é a única certeza de todo ser vivo!

Nem ela faz sentido, pois não escolhe, parece aleatória, não tem padrão de idade, de sexo,  de religião e etc..., único momento que são iguais, os desiguais (ricos e pobres – pretos e brancos), no mesmo sentido vejo a vida próspera (amplo sentido), alguns conseguem, mas a grande maioria, não atinge tal condição. Como ser milionário, observando na vida em sociedade desde remotos tempos, são só p/ alguns, uns poucos privilegiados, e que dependem da maioria estar contribuindo p/ tal condição de abastança financeira, empobrecendo, ou mantendo o nível. A sociedade moderna apresenta tal característica, parece que imutável nas sociedades humanas.

Já p/ os índios que atravessam a vida sendo proprietários de poucos utensílios, exclusivamente os de uso pessoal (arco, flexa, utensílios domésticos), ninguém é dono da terra, são nômades geralmente. Alguns se dão bem, outros nem tanto.

Felicidade não tem receita, não se conquista. Alguns têm, a maioria jamais saberão o que é isto, pois não faz o mínimo sentido...

Fiquei pensando nas várias condições humanas que tornam a felicidade completamente sem sentido, geralmente ligados a doenças. Uma mãe que nasceu um filho com grave problema mental, ou de locomoção. Crianças que nascem aidéticas,.crianças que nascem numa completa falta de condição de sobrevivência, tantos infortúnios, que torna a palavra "felicidade" completamente sem sentido.

Os terroristas homens bomba, camicases o que é felicidade p/ eles?

Creio em momentos de felicidade, ou melhor, horas e minutos felizes, e outros tantos momentos não tão felizes....

Como sorrir, nem sempre agente está gargalhando com a nossa vida, chorar faz parte do seu oposto, do viver a vida, são só momentos, fugazes e perenes, observando o conjunto da obra duma vida.

Parte do tempo estamos sujeitos a fatores externos, como o clima, por exemplo, fatores do nosso meio ambiente, a professora, o chefe, o encarregado do setor, o juiz, o médico e etc..., nossa felicidade, tmb passa na mão de tanta gente, pois somos seres sociais, nossos momentos felizes estão ligados ao momentos de outras pessoas, e instituições humanas (sociais). Lembrando, agora da crise profunda que passa a Grécia, e que pode ser um estopim, ou melhor, um primeiro sinal do fim do euro, e da instituição do mercado comum europeu.

De qualquer sorte, valeu as palavras de otimismo, e o carinho virtual.

Aproveitando o assunto.

Povo que gosta de escrever pensamentos, frases de otimismo, um bom local é em doepalavras, no Twitter, que vai usar de forma produtiva seu texto, sendo exibida p/ os pacientes do hospital Mário Penna, de Belo Horizonte/MG, e outros usos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é fundamental p/ mim, até p/ ter a noção das barbaridades que escrevo. rs.....