RicBrSp ocupando uns bytes na web2

Neste blog comento notícias, política, coisas da vida (eletrônica ou digital), redes sociais, fotos, vídeos, música e etc., palpito de tudo um pouco, com meus textos, pensamentos, e crônicas.      

 http://www.facebook.com/ricbrsp        https://twitter.com/RicBrSp

http://ricbrsp.wordpress.com/           www.gazzag.com/ricbrsp 

http://www.myspace.com/ricbrsp         http://ricbrsp.hi5.com/

 

Visitantes

11 março, 2013

Faleceu no Rio Wilson Fitipaldi, o “barão”


Faleceu no Rio Wilson Fitipaldi, o “barão”, hoje 11/03/2013.
Li a seguinte matéria no Terra Esportes:
Morreu na madrugada desta segunda-feira Wilson Fittipaldi, 92 anos. Conhecido como "Barão", o patriarca da família Fittipaldi estava no hospital Copa D'Or, no Rio de Janeiro. Ele foi internado em 25 de fevereiro, com problemas respiratórios.

Morre o ex-radialista Wilson Fittipaldi, aos 92 anos, no Rio

Fica minha homenagem e reconhecimento ao grande brasileiro.
Acabei de ler no facebook do Alex Dias Ribeiro, o seguinte texto:
OI Pessoal,

Aterrissei ontem às 6 da matina em Guarulhos depois de uma longa viagem a Dortmund na Alemanha e Donetsk na Ucrânia onde estive servindo a um grupo de atletas Cristãos que disputam a Champions Leage na Europa.
A primeira noticia que pintou na tela do meu celular foi: Estão anunciando no Twiter que o Barão Fittipaldi faleceu nessa madrugada. 
Liguei para o Emerson. Ele me confirmou a noticia e agradecemos a Deus pela vida do Velho Barão, que admirei desde menino ouvindo no rádio a sua voz narrando corridas de automóvel que turbinavam meu sonho de ser piloto.

Em seu funeral tive a honra falar o seguinte: Dizem que todo homem deve plantar uma arvore, ter um filho e escrever um livro. O Barão foi além: Teve dois filhos e um neto pilotos de F1 além de um bisneto no mesmo caminho. Convenceu o presidente Getúlio Vargas a comprar uma Ferrari verde e amarela para Chico Landi representar o Brasil nas pistas. Foi um dos mentores da Confederação Brasileira de Automobilismo, batalhou pela construção do Autódromo de Interlagos. Deu grande visibilidade ao esporte a motor através dos meios de comunicação, atraiu a indústria automotiva para o automobilismo transformando-o em solo fértil para o desenvolvimento de muitos talentos que projetaram o Brasil no cenário internacional com 8 campeonatos mundiais na Formula 1 e tantas outras categorias invadidas por um batalhão de pilotos brasileiros que devem a ele a existência de suas carreiras, inclusive eu. 

De uns tempos pra cá, passei a admirar os homens que construíram um legado, que transcenderam o tempo de sua passagem por esse mundo. Leonardo Da Vinci, Colombo, Cabral, Lutero, Edson, Lincoln, Ford, Santos Dumont, Martin Luther King, Einstein, Sabin, Madre Tereza de Calcutá e São Paulo que nos deixou o legado mais útil e duradouro porque trata do destino eterno de todo ser humano. Nesse sentido o Barão já havia se imortalizado desde o dia em que aceitou a Cristo como seu Salvador e teve o seu nome escrito no livro da vida. 

Escrever sobre sua vida me fez sonhar de novo. Desta vez com o legado que eu gostaria de deixar. Como uma imagem vale mais que mil palavras, eu gostaria de ver milhares de atletas glorificando a Deus por suas conquistas com o mesmo gesto do pequeno atleta do futuro da foto anexa, que eu conheci na Ucrânia. A terra da esposa do Barão Fittipaldi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é fundamental p/ mim, até p/ ter a noção das barbaridades que escrevo. rs.....