RicBrSp ocupando uns bytes na web2

Neste blog comento notícias, política, coisas da vida (eletrônica ou digital), redes sociais, fotos, vídeos, música e etc., palpito de tudo um pouco, com meus textos, pensamentos, e crônicas.      

 http://www.facebook.com/ricbrsp        https://twitter.com/RicBrSp

http://ricbrsp.wordpress.com/           www.gazzag.com/ricbrsp 

http://www.myspace.com/ricbrsp         http://ricbrsp.hi5.com/

 

Visitantes

09 março, 2012

Por temer crise institucionail STF não cumpre a Constituição Federal, o jeito PT de governar.

É só no Brasil que acontece de tudo, realmente é o país do “jeitinho brasileiro”, o país da “gambiarra”, do “gato”, é muita imaginação, heim.

A notícia é que - Supremo volta atrás e valida leis originadas de medidas provisórias, Um nó legislativo levou o Supremo Tribunal Federal (STF) a reavaliar hoje (8) a decisão que anulou a lei que criou o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Uma questão de ordem trazida pela Advocacia-Geral da União (AGU) mostrou que essa decisão abriria brecha para que 500 leis aprovadas no mesmo modelo fossem questionadas judicialmente, criando insegurança jurídica e a impossibilidade de reapreciação em tempo hábil no Legislativo.

Assim, nossa mais alta corte, os que tem por obrigação, e destinação serem os quardiões legais da Constituição Federal, deixa de cumprir a Constituição, e não aplica a lei que existe no caso em julgamento p/ evitar uma hipotética e eventual crise legal no Brasil. Com medo que aplicando a lei como tinha feito antes poderá gerar uma crise legal, ou sob tal desculpa dá uma decisão não jurídica, batizada no tempo da ditadura militar de “decisão política”.

Somos sempre os primeiros, os pioneiros, ou piotários…., único país do globo a usar o instituto de “impeachment” (92 até hj não foi traduzida a expressão p/ o português), único q elegeu uma presidente da república q nunca havia concorrido a cargo público nem um, sem nem um passado político, até p/ demonstrar se tem capacidade em todos os sentidos. os eleitores votaram no escuro sem saber se ela daria conta da presidência, só no Brasil acontece estas coisa no mínimo originais, inusitadas, sem par, e agora esta do STF.

Foi muita pilantragem do PT empurrar uma canditata ao maior cargo eletivo do Brasil, que nunca havia sido eleita p/ nada, nunca havia exercido chefia do executivo, sem nem uma experiência prática, test drive, nunca nem um partido político em toda história da civilização humana fez algo semelhante, só no Brasil, e que a coisa colou de tal forma que está ai a Dilma, tendo alguns problemas justamente por ser marinheira de primeira viagem, no meio dos políticos as rapousas q tomam conta do galinheiro, justamente PMDB tá aproveitando isto p/ render mais dividendos políticos, isto é, cargos onde passa um bom tanto de verbas públicas, não adianta vir com mixaria, foi o último recado dos alidados…. rs…. O Lula q pensou q iria governar indiretamente com Dilma, agora adoentado, debilitado, justamente tendo q poupar seu principal instrumento de trabalho de político a garganta.

O preço do apoio do governo do PT (Dilma), que já havia sido régiamente pago pelo Lula, com os ministérios ao PMDB, aproveitando de todo este mole, e o momento político p/ cobrar outro tanto pelo serviço comprometido e pago, isto é, apoio político em todas as casas legislativas, especialmente no Congresso Nacional, e pela armação parece q vai vender caro, novamente inflacionando o mercado de corrupção institucional, pois ao meu ver é corrupção, vc barganhar por apoio político.

Como eu deixei registrado no facebook, - estamos numa “ditadura democrática”, de um Estado forte, e totalitário, governa como bem dá nas ventas de Dilma, com a oposição amordaçada pela maioria comprada pelo partido do governo (PT), e pelo voto impões seu governo, e legisla como bem entender, tanto q deu este absurdo legal, onde o Supremo teve que voltar atrás em sua maioria, voltando atrás a decisão por temer uma crise legal. Se não fosse ditadura não aconteceria do atropelo das regras, e desatenção no detalhe, pois a certeza q tudo pode, acabou por confundindo os políticos da maioria q aprovou de qualquer jeito a matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é fundamental p/ mim, até p/ ter a noção das barbaridades que escrevo. rs.....